Agroecologia

Existem várias conceituações para a agroecologia. Entre elas, destacamos que a agroecologia pode ser entendida como o manejo ecológico dos recursos naturais, através de formas de ação social coletiva, com propostas de desenvolvimento participativo, desde as formas de produção até a circulação alternativa de seus produtos, estabelecendo relações entre produção e consumo capazes de encarar a crise ecológica e social. A agroecologia deve ser compreendida em uma dimensão integral onde as variáveis sociais ocupam um papel muito relevante. As relações estabelecidas entre os seres humanos e as instituições que as regulam constituem na peça chave dos sistemas agrários, que dependem do homem para sua manutenção, respeitando ainda os sistemas de conhecimento local e tradicional, onde reside o potencial endógeno que garante a dinamização da biodiversidade ecológica e sociocultural.

A agroecologia surgiu como uma alternativa para enfrentar os problemas gerados pelo modelo de agricultura convencional industrial estabelecido com a revolução verde, especialmente os monocultivos agrícolas, responsáveis pela diminuição da biodiversidade dos sistemas naturais. De modo mais simples, a agroecologia pode ser definida como a aplicação dos princípios ecológicos para o entendimento e desenvolvimento de agroecossistemas sustentáveis.

É uma concepção recente de agricultura, e que a partir dos anos 90 passa a integrar muito mais dos conceitos sociais, econômicos e políticos em sua análise incorporando também a antropologia nas propostas de desenvolvimento rural. A agroecologia trabalha com a interação positiva entre as comunidades rurais e as disciplinas provenientes tanto das ciências naturais como das sociais: ecología, antropologia, sociologia, agronomia, geografia, etc.

Desde a sua origem a agroecologia apresenta uma forte e séria crítica ao modelo político e de desenvolvimento atual, mas, também mostra que a conservação e a reprodução dos sistemas agrários estão fortemente relacionados com o tipo de sociedade e que as relações no seu interior se estabelecem entre os distintos grupos sociais. Além disso, a agroecologia recupera a compreensão holística do meio rural, descartada pela ciência e ainda bastante importante entre as populações tradicionais, para entrar nos complexos “entremeados da diversidade” na busca da compreensão dos “saberes, desejos e necessidades” das populações locais e tradicionais.

Finalmente, segundo o Marco Referencial em Agroecologia da Embrapa, publicado em 2006, a agroecologia é definida como um campo de conhecimento transdisciplinar que contem os princípios teóricos e metodológicos básicos para possibilitar o desenho e o manejo de agroecossistemas sustentáveis e, além disso, contribuir para a conservação da agrobiodiversidade e da biodiversidade em geral, assim como dos demais recursos naturais e meios de vida.

O que é Agricultura Orgânica

Thumb

Sistema de manejo sustentável que privilegia a preservação ambiental

Leia mais

O que é Agroecologia

Thumb

Manejo ecológico dos recursos naturais

Leia mais

Políticas Públicas

Thumb

Políticas públicas e marcos legais do setor

Leia Mais