Seção

Quem quer saúde vai a feira

O que é melhor: prevenir ou remediar? Quando se fala em saúde, não há dúvidas que o melhor é prevenir. Vários fatores são importantes para evitar doenças. Uma vida saudável inclui tomar as vacinas na idade certa, manter a higiene do corpo e do ambiente em que se vive, fazer exercícios físicos regularmente, reduzir o estresse diário e muito importante, ter uma alimentação saudável.

Mas, o que é uma alimentação saudável? Segundo o Ministério da Saúde, é uma alimentação diversificada, rica em alimentos vegetais integrais e com pequenas quantidades de produtos de origem animal.

Entre os alimentos de origem vegetal, as hortaliças merecem um grande destaque porque são fontes de vitaminas, sais minerais, fibras e de vários outros compostos químicos necessários para a proteção à saúde e para a diminuição do risco de ocorrência de várias doenças como obesidade, doenças cardio-vasculares, diabetes e alguns tipos de câncer. Uma alimentação saudável também ajuda a evitar a ocorrência de doenças infecciosas e males causados por deficiências nutricionais. Em poucas palavras, o consumo diário de hortaliças é fundamental em uma dieta saudável.

Existe uma hortaliça melhor que as outras, que seja mais nutritiva e que se consumida todos os dias vai garantir a saúde de quem a leva para a mesa? Não, essa super hortaliça não existe. Para uma dieta saudável, a principal regra é diversificar ! Em cada refeição, inclua pelo menos uma hortaliça diferente. Guie-se pelas cores, alternando hortaliças verdes, vermelhas, roxas, amarelas, brancas e de quantas cores você encontrar. Varie o tipo de hortaliça, alternando folhas, frutos e raízes. E, para não enjoar de comer a mesma coisa todos os dias, prepare as hortaliças de diferentes maneiras, aproveitando a versatilidade desses alimentos.

Nesse universo de opções, será que existe uma hortaliça que faz mal para a saúde? Não, essa hortaliça não existe. São inúmeros os estudos científicos que mostram a importância e os benefícios para a saúde advindos do consumo desses alimentos. Somente pessoas portadoras de doenças ou distúrbios nutricionais específicos devem consultar o nutricionista para obter orientações individualizadas quanto à dieta.

Mas se as hortaliças são alimentos tão importantes, porque o seu consumo no Brasil ainda está abaixo daquele recomendado pelos médicos e nutricionistas? Porque muita gente ainda acredita que alimentação saudável é sinônimo de alimentação sem gosto, mais parecida com remédio do que com comida. Essas pessoas não poderiam estar mais enganadas. Existe uma infinidade de maneiras de preparar e servir as hortaliças, usando os temperos e pratos preferidos de cada um. E nesse ponto, o Brasil é um país privilegiado, que produz uma enorme variedade de espécies de hortaliças, com cores, sabores e texturas para agradar até o mais exigente dos paladares.

O “HORTALIÇA NÃO É SÓ SALADA” é um programa da Embrapa Hortaliças que apresenta o maravilhoso mundo das hortaliças, com sugestões e dicas de como incluir esses alimentos na sua dieta e de como prepará-los de forma saudável e saborosa. Navegue na nossa página e surpreenda-se!

Se quiser saber mais sobre alimentação saudável, consulte o Guia alimentar para a população brasileira na página do Ministério da Saúde

Texto: Milza Moreira Lana