Seção

Hortaliça e dinheiro não se jogam fora

Ninguém é louco de jogar dinheiro no lixo, mas tem muita gente que não se preocupa em jogar alimentos fora. Mas será que jogar comida no lixo é tão grave quanto rasgar dinheiro? Na verdade, é ainda pior. O desperdício de alimentos prejudica tanto o bolso das pessoas quanto os recursos naturais do planeta.

Veja o caso das hortaliças, alimentos muito perecíveis e, por isso, campeãs do desperdício. Para produzir as hortaliças que chegam à sua casa, os agricultores utilizam uma enorme quantidade de água, adubos e combustíveis derivados de petróleo, ou adubos orgânicos, que por sua vez são constituídos de recursos naturais. Além disso, quanto mais terra é utilizada para produzir alimentos, menos terras ficam disponíveis para as áreas de vegetação nativa ou de preservação. Depois da colheita, mais recursos são utilizados, por exemplo, plásticos para as embalagens e combustíveis para os caminhões que carregam os produtos do campo para a cidade. Água, energia e combustível: todos recursos cada vez mais escassos e mais caros. Para exemplificar, cada vez que 10 kg de alimento vão parar no lixo, é preciso gastar de novo para produzir outros 10 kg de alimento para repor o que foi jogado fora. Toda essa energia poderia ter sido economizada ou utilizada em outra atividade econômica. Ruim para o planeta, ruim para você.

Quando os alimentos vão parar no lixo acontece outra etapa: a produção de gás metano, menos famoso, mas muito mais potente que o dióxido de carbono em relação ao efeito estufa.

É preciso considerar ainda o prejuízo direto que dói no bolso. O dinheiro que você gastou para comprar novamente a hortaliça que foi parar no lixo poderia ter sido gasto com outro produto ou investido na poupança.

Mas se as hortaliças são tão perecíveis e se estragam tão rapidamente, há alguma coisa a ser feita para melhor conservá-las?

Com certeza, há. A ciência desenvolveu a tecnologia pós-colheita de hortaliças e comprovou que com alguns cuidados você pode reduzir o desperdício, economizar dinheiro e ajudar a proteger o meio ambiente. “O HORTALIÇA NÃO É SÓ SALADA“ é um programa da Embrapa Hortaliças com várias sugestões e dicas relacionadas com o consumo de hortaliças. Nas seções, “COMO COMPRAR” e “COMO CONSERVAR” de cada hortaliça, você encontrará informações sobre como identificar os produtos de melhor qualidade, como acondicioná-los para que durem por mais tempo e como aproveitar, ao máximo, a geladeira e o congelador na conservação desses alimentos.

Texto: Milza Moreira Lana