ERVILHA PARA PRODUÇÃO DE GRÃOS VERDES


  • CULTIVARES DE ERVILHA PARA PRODUÇÃO DE GRÃOS VERDES

  • A ervilha-verde é uma opção de produção para atender às novas demandas do mercado, principalmente de produtos supergelados.

    Diferentemente da ervilha para produção de grãos secos que são posteriormente reidratados e enlatados, as cultivares de ervilha-verde são próprias para colheita de grãos verdes, visando ao imediato congelamento e/ou enlatamento. O produto pode também ser comercializado na forma de vagens para debulhar ou de grãos debulhados, para consumo "in natura".

    O CNPH desenvolveu e coloca à disposição dos agricultores e agroindústrias quatro cultivares de ervilha-verde já amplamente testadas em áreas do Distrito Federal, Triângulo Mineiro e Anápolis (GO), com produtividade de aproximadamente 6.000 kg/ha e excelente qualidade industrial. Essa produtividade é 20 a 30% superior à apresentada por outros materiais disponíveis no mercado.

  • DENOMINAÇÃO E CARACTERÍSTICAS DAS CULTIVARES

  • CULTIVARES  FORRÓ FREVO PAGODE SAMBA
    CARACTERÍSTICAS
    Altura das plantas (cm) 57,4 52,6 59,9 49,7
    Tipo de folha (1) afaf AfAf AfAf AfAf
    Início de florescimento (dias) 46 47 47 45
    Colheita de grãos verdes (dias) 81 81 82 86
    Resistência ao oídio (2) S MR MR R
    Número de vagens por plantas 7,9 7,4 7,3 7,5
    Comprimento da vagem 6,0 6,0 7,5 6,0
    Número de grãos por vagem 5,1 5,5 4,9 5,2
    Diâmetro dos grãos (mm) 7,8 8,0 8,1 7,5
    Cor dos grãos Verde-claro Verde-escuro Verde-escuro Verde-escuro
    Maciez dos grãos (3) 100 95 115 115

    (1) afaf = semi-áfila, AfAf = normal.    (2) R = Resistente, MR = Medianamente resistente, S = Suscetível.    (3) Obtida por leitura de tenderômetro

  • ORIGEM

  • "Forró" e "Frevo" são linhagens F7 do cruzamento entre as cultivares Plus e Kodama. "Pagode" e "Samba" são linhagens F6 do cruzamento do F1 ("Plus" X "Triofin") com a cv. Bolero. A característica semi-áfila (gene af) observada na cv. Forró originou-se da cv. Kodama. A resistência ao oídio (Erysiphe pisi D.C.) encontrada na cv. Samba originou-se da cv. Triofin.

    • RECOMENDAÇÕES TÉCNICAS

    Forró, Frevo, Pagode e Samba devem ser cultivadas em locais ou épocas de clima ameno. O porte ereto da cultivar Forró confere-lhe maior facilidade para colheita mecanizada. As cultivares Frevo e Pagode, de grãos maiores, são mais indicadas para comercialização "in natura", na forma de vagens ou de grãos debulhados.

    Instruções técnicas desde o plantio até a colheita podem ser obtidas através da publicação "Cultivo da ervilha", editada pelo CNPH/Embrapa.

  • SEMENTES

  • A Embrapa Hortaliças manterá estoques de sementes básicas para venda aos interessados. Maiores informações: Serviço de Atendimento ao Cidadão - Embrapa Hortaliças.


    Equipe:

    Leonardo de Brito Giordano
    Warley Marcos Nascimento
    Jorge Roland Menezes dos Santos


    Embrapa Hortaliças
    Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
    Centro Nacional de Pesquisa de Hortaliças
    Ministério da Agricultura e do Abastecimento
    BR 060 Km 09 Brasília/Anápolis - Caixa Postal 218
    CEP 70359-970 Brasília, DF
    Fone: (061) 385-9000   Fax : (061) 556-5744

    Voltar        Topo